Últimas Notícias

Conselheiros Tutelares de Salvador vão paralisar suas atividades por falta de condições de trabalho

A paralisação é por tempo indeterminado

Conselheiros Tutelares de Salvador vão paralisar suas atividades por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira, 10 de dezembro. A decisão foi tomada em Assembléia, realizada na última quarta-feira (05). A categoria informou que um dos motivos da paralisação, são as péssimas condições de trabalho. Parte das sedes dos Conselhos apresenta problemas de rachaduras, infiltrações, o forro ameaça cair. Outras sedes estão com problemas na parte elétrica, hidráulica, telefone quebrado e o mato está tomando conta do prédio.

Os conselheiros denunciaram ainda, a falta de segurança no local, eles informaram a nossa equipe, que parte das sedes não tem efetivo da Guarda Municipal, o que acaba prejudicando o atendimento a população. “Estamos com vários carros velhos e quebrados, alguns conselhos não tem motorista, falta atendente, auxiliar de serviços gerias, sem contar que todo mês a Semps, reduz a cota diária de combustível, o que acaba prejudicando a verificação das denúncias, que violam os direitos de crianças e adolescentes”. Relatou um dos conselheiros.

Foto: Facebook

Segundo a coordenação dos Conselhos Tutelares, toda essa situação, já teria sido informada várias vezes à Prefeitura, através da Semps e da SEMGE, porém pouca coisa foi resolvida. Vale lembrar que em 30 de julho deste ano, o Ministério Público, conseguiu uma liminar na 1ª Vara da Infância e Juventude, que obrigava a Prefeitura a melhorar as condições estruturais das 18 sedes dos Conselhos Tutelares, além de equipar todas as unidades com computadores, impressora, telefone e internet, o município recorreu e a decisão está suspensa.

Foto: Facebook

Entramos em contato com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), que é o órgão responsável pela elaboração de Políticas Públicas para criança e o adolescente do município, o Presidente Renildo Barbosa, “informou que o CMDCA, está aberto para mediar o diálogo junto a Prefeitura, e que espera que essa situação seja resolvida o mais breve possível, para que o Conselho Tutelar volte a sua normalidade e com condições digna de trabalho”. Concluiu.

Mostrar mais

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Triste situação dos Conselhos Tutelares. Sou ex-conselheira e me solidarizo com os Conselheiros. Mas, na minha época, a Semps foi gerida por Bruno Reis e Ana Paula, que na medida do possível colaborou muito com os Conselhos. Porém, depois da gestão da Tia Eron e agora Isnard, a situação está caótica. Vergonha para esses gestores.

  2. Realmente um descaso por parte da prefeitura, assim ele trata nossa crianças aqui na capital, um prefeito que ganhou um prêmio de prefeito amigo da infância, lamentável ter dinheiro pra tudo menos para manter uma estrutura adequada para a população a parte social de Salvador Lamenta o descaso. Lamentamos

  3. Pois é minha amiga Marcia, cada dia pior!
    Um descaso total para com a criança e adolescente do Município, esse Executivo Municipal não investe no Futuro do nosso Brasil, é notório a ineficácia das políticas públicas na área da Infância e Juventude, se é que exista alguma, porque essa gestão só está vivendo de propaganda enganosa. Um absurdo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar